Aceito ir pra um lugar que o único barulho seja do vento e do mar.
Quando alguém se sente só ou com saudade de outrém pode-se comprar sementes de girassol para vê-lo crescer.
Rita Apoena.
Sou desastrada, não tenho o corpo perfeito, me esqueço das coisas rápido, gosto muito rápido das pessoas, meu cabelo é bagunçado, sempre fico chateada quando falam mal de mim, mas tento ser forte. Às vezes sou antagônica, mas uma coisa que eu nunca vou conseguir ser, é ser normal.
Kristen Stewart. 
Temos que aprender a resolver problemas pra não haver conflitos.
Caso 39.
Então, aquela pergunta surgiu de repente: que amigos? E eu juro que pensei em em falar o nome de várias pessoas. Várias. Mas antes que eu pudesse dizer, ela continuou: porque eu não estou vendo ninguém do seu lado agora. Fiquei triste. Eu realmente queria olhar para trás, apontar alguém, e rir disso, como todas as coisas que eu finjo não me atingir. Mas era verdade, e ela estava certa. Não havia ninguém.
A culpa é mesmo das estrelas? 
Querida você não é ”baixinha”, você tem 12 anos.
Você não me amava, apenas gostava da minha presença quando todos te deixavam. Você não me amava, apenas gostava de ver que alguém realmente se importava com o seu bem-estar. Apenas gostava do modo que eu te tratava; como ninguém nunca te tratou. Você não me amava, apenas me pedia para ficar, pra não perder aquela pessoa que não se importava em se entristecer pra te ver sorrir. Você não me amava, apenas se sentia importante quando via que, um dia sem você, era muito tempo pra mim. E eu? Eu te amo, desde o inicio. Eu te amo, mesmo que doa. Eu te amo, mesmo sentindo tudo sozinho. Eu te amo, mesmo que hoje você diga que nunca quis me iludir.
Fernando Moura.
Pra viver eu só preciso de você, pra ser feliz eu só preciso te merecer, pra ser melhor tem que acontecer de novo em outra vida, pra não chorar vou cuidar tanto desse amor. E se eu chorar, vai ser de saudade, eu vou te ligar quando ela bater, às 4 ou 5 da manhã, falar que eu sou seu fã e só liguei pra dizer que a gente se encaixa, é a tampa e a panela, é a chama e a vela, é a cama e o colchão e que o mal de quem ama é saudade, você é a metade do meu coração. E que eu sou o amor da sua vida, eu sou água doce pra você beber e que eu quero ouvir da sua boca que você é louca por mim, como eu sou por você.
Jorge e Mateus.
Caráter devia vir estampado na testa, como uma marca de nascença impossível de não se notar. Tão exposta aos olhos alheios quanto a cor da pele ou o contorno dos lábios. Assim, para todo mundo ver e ninguém acabar decepcionado, afogado em mágoas dizendo que nunca imaginou que tal pessoa poderia ser assim. Para ninguém terminar injustiçado, julgado por algo que não é. Devia vir como carimbo: sinal vermelho, não confie. Sinal verde, abrace e não permita que vá embora pois anda em falta no mercado. Infelizmente, a única coisa visível a olho nú e ingênuo é a simples aparência, sem nota ou carimbo na pele. Olhos que desviam verdades e sorrisos que manipulam mentiras. Mãos que puxam e, logo em seguida, empurram. Nada mais do que rostos guardando os verdadeiros traços por trás da epiderme. E aí, dá nessa maluquice que sempre foi. O bom é mau e o mau é a-pessoa-mais-incrivelmente-fofa-que-conheço. É preciso alguns tropeços para bater de frente com a cara-de-pau e se tocar de que lá dentro sempre foi oco.
Rio doce.
Onde é que você gostaria de estar agora, nesse exato momento? E então? Somando os prós e os contras, as boas e más opções, onde, afinal, é o melhor lugar do mundo? Meu palpite: Dentro de um abraço.
Martha Medeiros.
Amor é quando você se despediu daquela pessoa faz 5 minutos e já sente saudade.
Não sei se você percebeu, mas estou evitando você.
Gabito Nunes.